Catarata

Ontem à noite a minha mãe fez a cirurgia da catarata. Foi um sucesso. Trouxe ela pra minha casa. Após décadas passadas, nós dormirmos juntos na mesma cama novamente. Foi muuuito divertido. Antes ela cuidava de mim, agora eu cuido dela, como tem que ser. Ela estava espirituosa, relaxada, feliz, falante e trajada de pirata, afinal ela tinha um tampão no olho direito. Hoje, de manhã, ao acordar, rimos um bocado. Contei que eu não lembrava que ela roncava muito alto, e ela me disse que eu também tenho um ronco de leão. Enfim, concluímos que fizemos uma sinfonia de metais(graves!!) durante a madrugada. 
Hoje cedo, ainda com um tampão transparente na olho, ela me disse que já estava vendo tudo. Na mesa do café, na euforia da novidade, peguei a primeira coisa que tinha na mesa para ela ler e mostrar como estava afiada a visão. Ela pegou o pote e leu: "molho de chimichurri". 
Em resumo, a primeira leitura da minha mãe pós cirurgia foi: "chimichurri" 

Nenhum comentário:

Postar um comentário